Como conhecemos a Deus? (2/5)

 

2.

“Deus também disse a Moisés, … ‘Vá e ajunte os anciãos de Israel, e diga a eles, ‘ o Senhor, o Deus de seus pais, o Deus de Abraão, de Isaque e de Jacó, apareceu a mim, dizendo: Eu dei ouvidos a vocês e ao que tem sido feito a vocês no Egito. Eu declaro que eu tirarei vocês da miséria do Egito.” – Êxodo 3:15-17

Nós conhecemos a Deus através da Sua palavra. Já como crianças podemos ter ouvido histórias sobre os grandes feitos de Deus e seu imenso amor. Mesmo com as agendas cheias de hoje em dia, muitas famílias cristãs lêem a Bíblia na hora das refeições. Alguns lêem uma história antes de dormir. Muitas dessas leituras revelam que Deus resgata seus filhos. Várias são interessantes. Algumas são tristes. Algumas são bem engraçadas. Diversas são, francamente, assustadoras.

A Bíblia nos diz o que Deus diz. É por isso que ela é chamada de a palavra de Deus. Essa palavra vem até nós através de certos seres humanos. Essas pessoas são mensageiros ou embaixadores de Deus. Eles são enviados. Representam o remetente e falam em seu nome. E quando falam, Deus está falando. Dessa forma, Moisés é enviado para os escravos israelitas no Egito. “Vá e diga a eles”, diz Deus. Esse frequentemente é o mandamento gêmeo aos mensageiros. “Vá e diga a eles, ‘eu vejo sua dificuldade e eu te salvarei.'”

Os Israelitas conheceram a Deus através de sua palavra. Nesse caso, Moisés a trouxe, e ele a trouxe no meio da dificuldade de Israel.

É aí que Deus frequentemente fala. Na dificuldade. A palavra de Deus nos atinge quando estamos encurralados de uma forma ou outra. Assim Deus fala libertação aos escravos, incluindo aqueles presos aos seus próprios desejos. A palavra de Deus tem a intenção de levar as pessoas para fora da prisão, para a gloriosa liberdade dos filhos de Deus. Uma vez que as pessoas tenham sua liberdade, a Bíblia as dá algumas leis graciosas, como os Dez Mandamentos, que os mantém livres de escorregar de volta para a prisão em que estavam.

As pessoas às vezes ficam confusas sobre tudo isso. Eles falam como se a intenção da Bíblia fosse principalmente dar-nos informação sobre Deus. Não mesmo. A principal coisa que Deus quer que façamos com sua palavra não é satisfazer nossa curiosidade sobre sua natureza, mas sim apontar um caminho para fora do nosso predicamento.

Podemos dizer que Deus quer nos tornar sábios – não sábios em um sentido geral, mas ‘sábios para salvação’.

Senhor nosso Deus, envie sua palavra através das nossas defesas, para dentro de nossos corações e lares. Resgate nos de tudo que te desagrada e nos arrasta para baixo. Através da Sua palavra, que nós O conheçamos como libertador. Em nome de Jesus, amém.

Plantinga, C. em “Beyond Doubt – Faith Building Devotions on QUestions Christians Ask”.

 


O que você pensa sobre isso? Comente!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s