Como Deus age? (1/5)

Um grande número de filósofos antigos e modernos acreditam que Deus está desempregado. Eles pensam que Deus não faz nada. Acreditam que Deus não é um ator no mundo, mas somente um fator. Então, naturalmente nós nos perguntamos: como Deus age?

16.

“Nem um passarinho sequer cai ao chão sem que Deus veja. E mesmo os fios de cabelo da sua cabeça estão contados. Portanto não tenha medo.” – Mateus 10.29-31

As crianças às vezes têm medo. Adultos também. Mas os medos infantis são diferentes dos adultos. As crianças têm medo de grandes e amigáveis cachorros que querem cutucar uma pessoa com uma pata peluda. As crianças têm medo de trovões e de sangue e de “fantasmas e duendes e coisas que espreitam a noite”. A maioria das crianças têm medo do escuro, de closets sem luz, e daqueles lugares onde “moram as coisas selvagens”. Quando as crianças se perdem, elas não ficam meramente entediadas. Elas podem ficar aterrorizadas. Quando as crianças vivem entre pessoas irresponsáveis, elas podem pensar que serão abandonadas.

Jesus fala a todas as crianças de Deus sobre a providência de um Pai. E Ele fala ao nosso medo. Ele fala à nossa consciência infantil que de muitas maneiras, o mundo é um lugar assustador. E em tal lugar, o Pai sabe, ama e cuida de seus filhos.

Um teólogo que deseja falar dos atos de Deus pode começar pela criação. Mas uma criança começa com a providência. Em famílias que conhecem a Deus, as crianças aprendem primeiro que Deus mantém e provê. As crianças passam a conhecer com uma certeza infantil, maravilhosa, que mesmo quando estão perdidas ou com medo, elas não estão sozinhas. E assim, em muitas casas, as crianças se deitam pra dormir, confiando suas almas ao Deus que as guarda no escuro e através da noite.

Deus age na providência. Mesmo uma criança sabe disso. Mas logo as crianças passam a saber algo mais. Elas passam a saber que as pessoas às vezes interferem na providência de Deus, de forma maldosa. Considere a comida, por exemplo. Deus dá pão diário a suas criaturas. A cada tempo de colheita, Deus dá comida – e fazendeiros habilidosos para colher e vender. Mas, estranhamente, a comida dificilmente alcança aqueles que mais tem fome. Algumas pessoas guardam grandes estoques de comida para si, às vezes jogando grande parte no lixo. Outros precisam aprender a viver com muito pouco.

Deus age e Deus provê. Mas Ele tipicamente nos usa pra fazer isso. Nós não precisamos temer que Deus esquecerá de prover. O que precisamos temer é que alguém se meterá no meio.

Deus nosso Pai, cuide de todas nossas necessidades físicas, para que nós conheçamos que Tu és a única fonte de tudo que é bom, e que nem nosso trabalho e preocupação nem Seus presentes podem nos fazer bem sem a Tua benção. E nos ajude a trabalhar fielmente para que compartilhemos com aqueles em necessidade. Por Jesus Cristo, nosso Senhor. Amém – Do catecismo de Heidelberg, respostas 125, 111


O que você pensa sobre isso? Comente!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s