Quando a conta não fecha

fear“A última coisa que um pastor pode ter é medo” – Elmer Guzman

(…) e ele disse a Ele, “Todas essas coisas te darei, se prostrado me adorares.” Jesus disse a ele, “Vá embora, Satanás! pois está escrito,

‘Adorarás ao Senhor Teu Deus somente, e servirás somente a Ele.’” – Mateus 4.9

Jesus foi tentado a confiar nos poderes seculares (e mais especificamente, nos infernais) em vez do poder de Deus. E Ele declara sem rodeios que essa confiança é uma questão de adoração – se confio mais no meu trabalho, no meu dinheiro, no meu planejamento ou na minha capacidade do que em Deus, estou deixando claro a quem adoro.

Os Israelitas também foram tentados dessa maneira. Na verdade, parece que as três tentações de Jesus refletem de alguma forma os tropeços do povo de Israel – eles exigiram pão, duvidaram da presença de Deus e se desesperaram por não confiar na ajuda dEle. Bem, Jesus sofre essas mesmas tentações e reverte todas as burradas que eles cometeram.

Mas enquanto lia esse texto, eu me identifiquei com a terceira tentação de forma específica. Estou passando por um momento de decisões extremamente delicadas, que podem mudar o rumo da minha existência. Uma das coisas que mais me preocupam, talvez, são as dificuldades que vou enfrentar, porque quando olho para meu planejamento, as contas não fecham.

Israel também era assim. Quando viram os gigantes de Canaã e olharam para o planejamento deles, a conta não fechava. Mas havia um detalhe que eles insistiam em ignorar: eles não dependiam só dos meios seculares pra chegar onde precisavam ir – o Deus Criador do universo estava guiando eles. No caso deles, como no meu, não era falta de responsabilidade ou de dedicação, mas sim falta de fé.

Hoje eu sou tentado a olhar só para minhas mãos, ao ter que decidir se vou seguir o caminho que Deus tem traçado para mim. E porque Ele sabe que minha fé é pequena, Ele tem conduzido as coisas de forma que eu veja claramente que é Ele quem está ordenando todas as providências.

Agora, meu alívio vem somente do fato de que Ele reverte os atos de infidelidade, tanto de Israel quanto os meus, ao demonstrar a confiança suprema no Pai; e através dEle, minha falta de fé é preenchida.

Um certo alguém, a quem admiro muito, me disse essa semana, através de um email, que a última coisa que eu devo ter é medo. E agora eu entendi o porquê. E Jesus também sabia.


O que você pensa sobre isso? Comente!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s