Retomando a arte perdida de fazer sentido: O Espantalho

Montar um espantalho é intencionalmente caricaturar o argumento de uma pessoa com o objetivo de atacar essa caricatura em vez de o argumento real. Má representação, citação errada, descontração e super-simplificar a posição de um oponente são todos meios de cometer essa falácia. O argumento espantalho é comumente muito mais absurdo do que o argumento … Mais Retomando a arte perdida de fazer sentido: O Espantalho

Quando eu era menino

Quando eu era menino, acreditava que compartilhar o evangelho era como um pregador dissera uma vez: um mendigo encontra uma padaria distribuindo pão gratuitamente e vai contar aos outros mendigos. O fato é que hoje: Há mendigos que dizem que as padarias distribuem pão para controlar a massa; Há mendigos que não acreditam na existência … Mais Quando eu era menino

Cristãos do século XXI deveriam deixar de comer carnes “impuras”? Parte 2/2

Alimentos impuros e o Novo Testamento É verdade que o Novo Testamento anula o sistema cerimonial/sacrificial do Antigo Testamento porque ele era tipológico/simbólico por natureza. Na cruz, Jesus trouxe ao fim todo o sistema do santuário que apontava para Ele como seu cumprimento final ( Dn 9.27; Ef 2.15; Col 2.14; Hb 8.1-6; Mt 27.50-51). … Mais Cristãos do século XXI deveriam deixar de comer carnes “impuras”? Parte 2/2

Cristãos do século XXI deveriam deixar de comer carnes “impuras”? Parte 1/2

Antes de abordar diretamente essa questão, precisamos tirar duas pedras do caminho: 1. O Reino de Deus não consiste de comida e bebida (Rm 14.17). As proibições de consumo de alguns animais não foram dadas com o propósito de se “comprar” a salvação. Comer determinadas coisas ou se abster de determinadas coisas não transporta ninguém ao … Mais Cristãos do século XXI deveriam deixar de comer carnes “impuras”? Parte 1/2